PUBLICIDADE

AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Agropolítica

Federarroz: “não existe garantia de que vai acontecer o leilão”

Representantes do setor e governo aceitam construir uma alternativa; nova reunião será na próxima semana

2 minutos de leitura 20/06/2024 | 12:17

Por: Fernanda Farias | fernanda.farias@estadao.com

Foto: Albino Oliveira/MDA
Foto: Albino Oliveira/MDA

A crise do arroz ganhou um capítulo de trégua com o setor produtivo e governo federal sentados à mesa para traçar uma estratégia conjunta de valorização do produtor e proteção ao consumidor. O presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) disse que “abriu um canal de diálogo direto com o governo” para encontrar uma solução quanto ao leilão de arroz, após reunião realizada nesta quarta-feira, em Brasília (DF).

“Não existe, hoje, garantia de que vai acontecer o leilão ou de que não vai. O governo abriu um canal de diálogo com o setor produtivo e nos pediu que apresentasse uma proposta alternativa da cadeia, para garantir renda ao produtor e abastecimento”, afirmou o presidente da Federarroz, Alexandre Velho, ao Agro Estadão. Segundo ele, o governo “quer equilíbrio de mercado”. O próximo encontro deve acontecer no dia 27 de junho, também em Brasília. Antes, produtores de arroz e indústria vão conversar para elaborar a proposta alternativa.

A reunião desta semana contou com os ministros da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, e do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que também levou o diretor substituto de Operações e Abastecimento, Silvio Porto.

O presidente da Conab garantiu que o governo não abre mão do leilão para importar arroz. Para jornalistas, na saída da reunião, Edegar Pretto disse que “o edital está praticamente pronto e os ajustes foram feitos”. No entanto, o governo vai esperar a proposta do setor para definir data e volume que deve ser ofertado.

Nos bastidores, especula-se que o governo tenha concordado em reduzir o volume de arroz a ser comprado no próximo leilão, como forma de demonstrar que a intenção nunca foi a de concorrer com os produtores gaúchos. O Rio Grande do Sul é responsável por mais de 70% da produção nacional do cereal e, nesta safra, deve entregar mais de 7 milhões de toneladas.

PUBLICIDADE

O edital para o próximo leilão está sendo produzido pela Conab em conjunto com a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Controladoria-Geral da União (CGU). Entre as mudanças está o fato da Conab saber com antecedência quais empresas participarão do certame.

Siga o Agro Estadão no Google News e fique bem informado sobre as notícias do campo.

Agro Estadão Newsletter

Newsletter

Acorde bem informado
com as notícias do campo

Agro Estadão Clima Agro Estadão Clima

Mapeamento completo das
condições do clima
para a sua região

Agro Estadão Clima
VER INDICADORES DO CLIMA

PUBLICIDADE

Notícias Relacionadas

Agropolítica

Produtores rurais gaúchos reforçam pedido de anistia de dívidas

Produtores rurais gaúchos reforçam pedido de anistia de dívidas

Fávaro participou do evento e indicou que Medida Provisória sobre o assunto pode sair até o fim deste mês

Agropolítica

Governo publica medida que libera recursos para Seguro Rural no RS

Governo publica medida que libera recursos para Seguro Rural no RS

Crédito para Seguro Rural amplia cobertura no estado gaúcho de 12 mil para 26 mil produtores

Agropolítica

Governo confirma perdão de dívidas a produtor rural que perdeu tudo nas enchentes do RS 

Governo confirma perdão de dívidas a produtor rural que perdeu tudo nas enchentes do RS 

Ministros prometem MP para repactuar dívidas de agricultores até 30 de julho; outra medida garante R$ 600 milhões para crédito

Agropolítica

Governo deve anunciar MP para negociar dívidas de agricultores gaúchos nesta quinta

Governo deve anunciar MP para negociar dívidas de agricultores gaúchos nesta quinta

Com a MP sobre as dívidas, projeto de lei que prevê medidas de apoio aos agricultores do Rio Grande do Sul saiu da pauta do Senado

PUBLICIDADE

Preço mínimo do arroz aumenta 5% no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

Farsul diz que preços mínimos estão abaixo da realidade; nas demais regiões, o reajuste do arroz foi de 10%

Projeto de lei que cria política nacional para agricultura urbana aguarda sanção presidencial

Estudos apontam que agricultura urbana tem potencial para suprir necessidade de hortícolas, porém faltam incentivos dos governos e linhas de financiamento próprias

Atentado a Trump reacende temor chinês e pode impulsionar exportações brasileiras

Pragmatismo na relação com o Brasil e embate com o Brics; especialistas comentam cenários possíveis caso Donald Trump vença as eleições dos EUA

Caminhoneiros podem ter dívidas suspensas ou prorrogadas, confirma BNDES

Pedidos já podem ser feitos; interessados devem procurar as instituições financeiras responsáveis

Logo Agro Estadão
Bom Dia Agro
X
Carregando...

Seu e-mail foi cadastrado!

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Bem-vindo (a) ao Bom dia, Agro!

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Mantenha-se conectado!

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.