AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Agropolítica

Ministro da Agricultura reforça mudanças no Proagro e quer Seguro Rural mais amplo

Ideia é transferir parte dos recursos do Proagro para o Seguro Rural e ampliar a base de produtores segurados

2 minutos de leitura

21/03/2024 | 13:24

Por: Daumildo Júnior | daumildo.junior@estadão.com

Carlos Fávaro, ministro da Agricultura
Carlos Fávaro durante evento de lançamento da Agenda Legislativa do Agro CNA 2024. Foto: Adriano Brito/Trilux

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, voltou a defender mudanças no Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) durante um evento na Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), nesta quarta, 20. O chefe da pasta foi questionado sobre a necessidade do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) ter um orçamento de R$ 3 bilhões frente aos R$ 947,5 milhões previstos para este ano. 

“Mais do que a gente só discutir o orçamento público, que é necessário R$ 3 bilhões, e de fato é, nós precisamos de ajustes. Um deles por exemplo, e aqui pode se tornar polêmico, mas é importante a gente dizer, o Proagro precisa ser revisto. […] A consciência chega talvez pela dor. Talvez os momentos difíceis que vão nos facilitar avançar nesse tema tão importante que a tanto tempo se busca uma solução mais moderna.”, afirmou Fávaro. 

O Proagro funciona como um seguro para os pequenos e médios produtores que tiveram perdas com os plantios ao longo da safra. Diferente do PSR, o Proagro não pode passar por contingenciamento, pois é uma despesa obrigatória. A proposta é reformular as verbas do orçamento destinadas para o programa. Somente em 2023, a soma dos recursos executados para essa finalidade foi de aproximadamente R$ 10 bilhões segundo o governo. 

“Eu não estou dizendo que os pequenos produtores não precisam de cobertura. Precisam sim. Mas, se a gente modernizar, e talvez no Proagro economizar um pouco, R$ 2 bilhões, aí os R$ 2 bilhões para se colocar o Seguro vira R$ 3 bilhões”, explicou o ministro ao fazer a conta para se chegar ao valor necessário para atender ao seguro rural.  

No entanto, o governo ainda não bateu o martelo sobre como essas mudanças no Proagro devem acontecer e nem deixou claro um prazo. Fávaro explica que a medida tem sido estudada e é um pedido do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. “É determinação da Casa Civil, ministro Rui Costa, por pedido do presidente Lula, que a gente possa passar uma análise mais aprofundada, e nós estamos fazendo isso sobre o Proagro”, completou o ministro em entrevista aos jornalistas após o evento. 

Anúncio de medidas de socorro

O ministro também confirmou que as medidas de socorro aos produtores de soja, milho, pecuária de leite e de corte devem sair na próxima semana a partir de uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN). Inicialmente, a prorrogação da dívida deve ser apenas para esses produtores.

“Tem um voto [no CMN] preparado a pedido do Ministério da Agricultura, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, para atuar com ministro Fernando Haddad, com o Tesouro Nacional, de medidas que venham antecipadamente, antes do final da colheita, mas já reconhecendo um momento difícil, mas que se evite qualquer crise. É pedido do presidente Lula”, disse aos jornalistas. 

Como o Agro Estadão havia adiantando, a prorrogação das dívidas desses produtores deve acontecer caso a caso e para investimentos com vencimento em 2024. O que se sabe até o momento é que aqueles produtores com contratos vencendo este ano devem pagar mais para frente. Já quem tem contratos mais longos, os valores pendentes serão diluídos ao longo das parcelas posteriores.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Agropolítica

1

Câmara aprova perdão e prorrogação de dívidas rurais do RS

Câmara aprova perdão e prorrogação de dívidas rurais do RS
2

Plano Safra 2024/2025 será lançado dia 3 de julho em Brasília

Plano Safra 2024/2025 será lançado dia 3 de julho em Brasília
3

Plano Safra da Agricultura Familiar: "Foi o melhor que a gente pôde fazer", diz Lula

Plano Safra da Agricultura Familiar: "Foi o melhor que a gente pôde fazer", diz Lula
4

CCIR 2024: prazos, como emitir e dúvidas frequentes

CCIR 2024: prazos, como emitir e dúvidas frequentes
5

Exclusivo: diretor da Conab afastado em polêmica do arroz se defende e diz que não cometeu erro

Exclusivo: diretor da Conab afastado em polêmica do arroz se defende e diz que não cometeu erro
6

Confira os anúncios do Plano Safra 2024/2025

Confira os anúncios do Plano Safra 2024/2025

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas