AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Agropolítica

Conab deve lançar edital para importar arroz na segunda-feira 

Medida Provisória que autoriza compra de arroz foi publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da União; setor produtivo é contra

1 minuto de leitura

10/05/2024

Por: Fernanda Farias | fernanda.farias@estadao.com | Atualizada às 12h29

arroz na panela cozido
Foto: Adobe Stock

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prepara edital para a compra de até 1 milhão de toneladas de arroz em casca ou beneficiado (pronto para consumo). De acordo com o presidente da companhia, Edegar Pretto, o edital para os leilões públicos deve ser lançado na segunda-feira, 13. “Estamos correndo [para preparar o edital] aqui”, disse ao Agro Estadão.

A Medida Provisória 1217/2024, que autoriza a importação, foi publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da União na noite desta quinta, 09. O objetivo é evitar o desabastecimento do produto diante da tragédia climática que afeta o Rio Grande do Sul, principal estado produtor do cereal com cerca de 70% de participação nacional.

Segundo a MP, a compra será feita a preço de mercado. O texto diz que os estoques serão destinados, preferencialmente, a “pequenos varejistas das regiões metropolitanas”. A quantidade inicial a ser comprada ainda será determinada pelos ministros do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira; da Agricultura  e Pecuária, Carlos Fávaro; e da Fazenda, Fernando Haddad. A autorização é limitada ao exercício financeiro de 2024.

A MP ainda dispensa a exigência legal da certificação dos armazéns destinados à guarda e à conservação de produtos agropecuários. Agora, o texto será analisado na comissão mista formada por deputados e senadores antes de ir aos plenários da Câmara e do Senado. 

Nesta semana, o presidente da Conab, Edegar Pretto, disse com exclusividade ao Agro Estadão que a autorização “não significa que a Conab vai comprar imediatamente”, já que ainda não é possível saber exatamente o que se perdeu da produção gaúcha. O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, também já afirmou que a intenção não é concorrer com os produtores de arroz do país

Já a Federarroz considera a medida “precipitada” e diz que o estado já havia colhido 83% das lavouras semeadas nesta safra. A estimativa de produção neste ciclo era de 8 milhões de toneladas no Rio Grande do Sul.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Agropolítica

1

Bancada do agro elogia decisão do STF sobre terras indígenas: Gilmar Mendes suspende todas as ações que questionam Marco Temporal  

Bancada do agro elogia decisão do STF sobre terras indígenas: Gilmar Mendes suspende todas as ações que questionam Marco Temporal  
2

Entidades do Agro fazem campanha para atingidos por temporais no RS; veja como ajudar

Entidades do Agro fazem campanha para atingidos por temporais no RS; veja como ajudar
3

CNA pede ao governo federal R$ 570 bilhões para o Plano Safra 24/25 

CNA pede ao governo federal R$ 570 bilhões para o Plano Safra 24/25 
4

“Não existe necessidade de importar arroz”, afirma Federarroz

“Não existe necessidade de importar arroz”, afirma Federarroz
5

STF assegura demarcação de Terra Indígena em SC e discussão sobre revogação do marco temporal ganha força

STF assegura demarcação de Terra Indígena em SC e discussão sobre revogação do marco temporal ganha força
6

Chuvas no RS: Fávaro sinaliza com linha de crédito emergencial e leilão para comprar arroz do Mercosul

Chuvas no RS: Fávaro sinaliza com linha de crédito emergencial e leilão para comprar arroz do Mercosul

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas