AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Clima

La Niña deve impactar somente o próximo verão

O calorão do fim de semana com El Niño segue até quinta-feira.

2 minutos de leitura

15/03/2024 | 19:00

céu com sol

Na última quinta-feira, 14, o NOAA (sigla em inglês para Administração Nacional Oceânica e Atmosférica) reforçou a tendência de formação do La Niña no decorrer do segundo semestre deste ano. Segundo a meteorologista da Nottus, Desirée Brandt, o fenômeno só deve ter impacto a partir do próximo verão. 

“A gente vai sentir os efeitos do fenômeno só lá no próximo verão, praticamente. Porque até a atmosfera que estamos sobre uma condição de La Niña, isso demora um pouco”, explicou a especialista.

O cenário para os próximos meses deve ter a despedida do El Niño e, logo em seguida, um período de neutralidade climática, ou seja, sem a ocorrência de nenhum dos dois fenômenos. Isso deve acontecer até o final do inverno, em setembro, quando o La Niña começa a se formar. Até o momento, a previsão é de uma intensidade fraca para o La Niña.

Um dos efeitos históricos do fenômeno de resfriamento das águas do Pacífico é provocar um atraso no período chuvoso no Brasil. “Aquela chuva da primavera, aquela chuva do verão pode chegar um pouquinho mais tarde”, explica Brandt.

A especialista também pondera que historicamente os efeitos maiores do La Niña são no Rio Grande Sul, provocando um período de estiagem maior. No entanto, esses efeitos tendem a ficar mais acentuados quando o La Niña ocorre de forma consecutiva.

Calorão do fim de semana com El Niño segue até quinta-feira

O destaque do fim de semana é novamente o calor, apesar de não se caracterizar como uma onda de calor.

A chuva retorna à região Sul, especialmente no estado do Rio Grande do Sul, depois de dias com tempo firme. Essa instabilidade pode alcançar inclusive o sul de São Paulo e Mato Grosso do Sul. No entanto, as temperaturas altas devem persistir.

Nas demais áreas do Sudeste e do Centro-Oeste é esperado um tempo firme, com pouca ou nenhuma chuva. Em Mato Grosso, algumas chuvas podem acontecer de forma passageira, assim como em Goiás. 

No Norte e Nordeste, as chuvas seguem com intensidade, devido a atuação da ZCIT (Zona de Convergência Intertropical). O encontro entre as altas temperaturas e a umidade facilita as precipitações na área. 

O calorão em todo o país só deve diminuir no meio da semana que vem, com a chegada de uma frente fria oceânica. Essa frente deve compor um corredor de umidade vindo da Amazônia. Isso provoca chuvas mais espalhadas e promove um refresco nas temperaturas.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Clima

1

Inverno deve favorecer trigo e frutas de temporada

Inverno deve favorecer trigo e frutas de temporada
2

Cooperativa agrícola gaúcha é destruída por microexplosão 

Cooperativa agrícola gaúcha é destruída por microexplosão 
3

Temporais voltam ao Sul do país com acumulados de até 300mm

Temporais voltam ao Sul do país com acumulados de até 300mm
4

Temporais no Sul e tempo seco com risco de queimadas no Centro-Oeste

Temporais no Sul e tempo seco com risco de queimadas no Centro-Oeste
5

Julho começa com frio, mas clima esquenta durante a semana

Julho começa com frio, mas clima esquenta durante a semana
6

Frio e geada: veja o que esperar para o clima neste fim de semana

Frio e geada: veja o que esperar para o clima neste fim de semana

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas