Summit Agro

Quais são os tipos de laranja e regiões produtoras no Brasil?

A laranja é a fruta mais produzida no Brasil e sua produção está presente em todos os estados brasileiros

3 minutos de leitura

15/09/2021

A safra brasileira 21/22 de laranja deverá produzir quase 300 milhões de caixas de 40,8 kg somente no principal cinturão citrícola do País, de acordo com estimativa do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus). O volume representa um crescimento de 9,51% comparado à última temporada de colheita.

A Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR) aponta que o País responde por 79% de todo o suco da fruta comercializado no mundo. Em 2020, os embarques do suco da fruta ultrapassaram os US$ 1,4 bilhão, segundo o Comex Stat do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Esses números colocam o Brasil na liderança global de produção e exportação do cítrico. A laranja é a fruta mais produzida no País e todos os estados brasileiros têm laranjais destinados ao comércio. Existem mais de mil espécies catalogadas, mas apenas cinco grupos de variedades da fruta dominam a maior parte da produção comercial.

Cinturão citrícola brasileiro

Grande parte da produção brasileira de laranja é destinada à produção de suco para exportação. (Fonte: Shutterstock/Tanya Kalian/Reprodução)

São Paulo concentra 78% da produção nacional de laranjas, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O principal cinturão citrícola brasileiro se estende até Minas Gerais, responsável por 6% do total produzido no País, especialmente no Triângulo Mineiro.

O Fundecitrus estima que a produção da safra 21/22 no cinturão deve ser distribuída da seguinte forma:

• 107,07 milhões de caixas das variedades Valência e Valência Folha Murcha;

• 84,66 milhões de caixas da variedade Pera Rio;

• 51,37 milhões de caixas das variedades Hamlin, Westin e Rubi;

• 34,20 milhões de caixas da variedade Natal.

• 16,87 milhões de caixas das variedades Valência Americana, Seleta e Pineapple;

O cinturão é caracterizado por grandes propriedades com a produção destinada à exportação de suco. Segundo o Fundecitrus, 66% da produção da região está concentrada em apenas 6,28% dos pomares.

Outras regiões produtoras

Valência é o tipo de laranja mais produzido do Brasil. (Fonte: Shutterstock/David Pereiras/Reprodução)

O Paraná é o terceiro colocado no ranking, com participação  de 4,1% na produção nacional da fruta, conforme levantamento do IBGE. Mais de 70% dos municípios paranaenses contam com pomares comerciais, contudo, metade da produção fica concentrada na região noroeste do estado e é destinada ao processamento de suco, que utiliza os cultivares de laranjas-pera, valência, folha murcha e iapar-73.

A produção da Bahia, o quarto maior produtor nacional, equivale a 3,5% do volume produzido no País. Cerca de 80% da produção cítrica baiana é da variedade pera, mas também é produzida a laranja-baía.

Cerca de 70% dos pomares baianos estão localizados no litoral norte do estado, em uma região fronteiriça com Sergipe — estado que responde por 2,1% da produção brasileira da fruta e ocupa a quinta posição no ranking. A maioria dos pomares sergipanos estão localizados em propriedades de agricultura familiar que produzem o tipo pera.

Com 2% do volume produzido no Brasil, o Rio Grande do Sul é o sexto estado com maior produção nacional da fruta. Os pomares estão localizados nas regiões do Médio Alto Uruguai e Campanha Gaúcha. No estado, a produção da variedade valência merece destaque.

Fonte: Sistema Faeg, Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), Agência de Notícias do Paraná, Atlas Sócio-Econômico do Rio Grande do Sul, Assembleia Legislativa de Sergipe, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Bom Dia Agro

Newsletter

X
Carregando...

Seu e-mail foi cadastrado!

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Bem-vindo (a) ao Bom dia, Agro!

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Mantenha-se conectado!

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Summit Agro

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas