Summit Agro

Conheça os benefícios do gengibre e saiba como plantá-lo

A planta é famosa pelos seus benefícios medicinais e por ser incorporada em várias receitas, além de ser fácil cultivá-la

4 minutos de leitura

18/10/2023

Gengibre é o nome popular da planta Zingiber officinale, pertencente à família Zingiberaceae. Seu rizoma (tipo de caule subterrâneo) é amplamente conhecido e utilizado em todo o mundo em razão das suas propriedades culinárias e medicinais.

O gengibre é conhecido pelo sabor picante e aroma característico. Ele é um ingrediente fundamental da culinária asiática, mas também ganhou espaço em diferentes culinárias de todo o mundo. Ele pode ser consumido fresco, seco, em pó e até em forma de óleo, e é usado para adicionar sabor a sopas, molhos, marinadas, chás e sobremesas.

Além de seu uso culinário, o gengibre também é conhecido, estudado e valorizado por suas propriedades medicinais. Ele tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e digestivas, assim, é utilizado como remédio natural para tratar problemas digestivos, náuseas, enjoo matinal durante a gravidez e como um auxílio na redução de dores e inflamações.

Gengibre é conhecido da alimentação humana há pelo menos dois mil anos. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Benefícios do gengibre para a saúde

O gengibre contém propriedades termogênicas, que aceleram o metabolismo e estimulam a queima de gordura corporal, auxiliando no emagrecimento. Os compostos como o shogaol, gingerol e zingerona, presentes nele, auxiliam no combate a azia e alívio de gases intestinais.

A planta também contém compostos fenólicos que têm ações antioxidantes, por isso ajudam a evitar a diabete, porém, não é recomendado para quem tem doenças hemorrágicas e faz uso de antioxidantes.

Suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias têm importante ação no estômago e intestino, auxiliando no tratamento contra úlceras e gastrite. As ações antioxidantes, inclusive, combatem os radicais livres e, por isso, colaboram para o combate a alguns tipos de câncer.

O gengibre também pode auxiliar a equilibrar a pressão arterial, já que oferece propriedades relaxantes, anti-inflamatórias, antioxidantes, vasodilatadoras e anticoagulantes. Além disso, podem auxiliar no combate a infecções, dores musculares e na prevenção a doenças cardiovasculares.

Embora o gengibre seja considerado seguro e benéfico, vale lembrar que é importante consultar um profissional da saúde antes de utilizar grandes quantidades ou de usá-lo como tratamento.

Como plantar gengibre?

Percebe-se que o gengibre é um importante aliado para a saúde e para a culinária do dia a dia. A planta é ainda mais atrativa devido a seu plantio relativamente fácil, que pode ser realizado em casa, no jardim ou em estufas, garantindo que a planta não será exposta a agrotóxicos.

Gengibre pode ser usado em diferentes receitas e até em forma de chá. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Para fazer o plantio, você vai precisar de um rizoma de gengibre fresco (que pode ser comprado em supermercados ou lojas de produtos naturais). Se ele tiver brotos, ainda melhor, mas caso não tenha, deixe na água por alguns dias até começar a brotar. Além disso, é preciso ter um vaso grande, para uma boa drenagem, e terra ou solo bem drenado caso o plantio seja em jardim.

Inicialmente, escolha um local que receba luz solar indireta ou sombra parcial, pois a luz solar direta intensa pode queimar as folhas do gengibre. Tenha em mente que a temperatura e as condições climáticas também afetarão o crescimento da planta. Climas mais frios podem retardar seu desenvolvimento e, nesses casos, pode ser preciso cultivá-lo em vasos dentro de casa ou em uma estufa.

Em seguida, encha o vaso com algumas pedras por baixo e solo para vasos, e no caso de plantio em jardim, prepare o espaço do solo, lembre-se de não plantar em locais muito encharcados ou que acumulam muita água.

Feito isso, plante o rizoma de gengibre entre de 5 centímetros a 10 centímetros abaixo da superfície do solo, com os brotos voltados para cima. Caso você queira plantar vários rizomas, basta manter um espaço de pelo menos 20 centímetros a 30 centímetros entre eles.

A rega ideal para o gengibre consiste em manter o solo úmido, mas não encharcado. A planta gosta de umidade, porém, não tolera o excesso de água. Regue regularmente, mas evitando que o solo fique encharcado.

Conforme o gengibre cresce, ele produz folhas verdes e pode florescer, mantenha a rega e adicione fertilizantes (se necessário) a cada poucos meses para o fornecimento adicional de nutrientes.

Por fim, pode-se realizar a colheita. O gengibre pode levar vários meses para crescer completamente, mas você pode colher pequenas porções durante o desenvolvimento. Para isso basta cortar o rizoma com uma faca, sempre deixando partes no solo para continuar o crescimento. Quando estiver pronto para colher, cave com cuidado e remova o rizoma.

Fontes: Esalq USP, Tua Saúde, Ciclo Vivo, Embrapa

Bom Dia Agro

Newsletter

X
Carregando...

Seu e-mail foi cadastrado!

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Bem-vindo (a) ao Bom dia, Agro!

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Mantenha-se conectado!

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Summit Agro

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas