AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Summit Agro

Gestor ambiental: o que faz e quais são as áreas de atuação?

Saiba mais da carreira de gestor ambiental e por que ela deve decolar nos próximos anos

3 minutos de leitura

26/04/2023 | 10:00

O gestor ambiental é treinado para administrar recursos naturais. Basicamente, esse profissional precisa garantir que as atividades econômicas, públicas ou privadas, sejam realizadas de maneira sustentável. Para isso, ele deve entender o impacto ambiental de cada atividade para o ar, o solo, a água, a fauna e a flora.

Em um mundo onde cada vez mais empresas e até o governo prezam pelos selos de sustentabilidade ambiental na hora de fechar acordos, a gestão ambiental é uma carreira em ascensão. Um especialista pode atuar em diversas áreas, sempre garantindo que a instituição para a qual trabalha realize ações e proponha alternativas para que sejam reduzidos os impactos socioambientais da própria atuação.

Entenda melhor o papel de um gestor ambiental e saiba as especificidades dos cursos e das áreas de atuação.

Possibilidades de atuação para o gestor ambiental

O gestor ambiental pode iniciar projetos do zero, desenvolvendo toda a forma como uma empresa, uma instituição e até mesmo uma fazenda vai atuar, visando causar o mínimo de danos ao meio ambiente. Isso pode ser feito por meio de monitoramento de índices de poluição gerados, de resíduos e esgoto, da análise de níveis de consumo de energia, entre outros.

Também pode ser contratado para recuperar áreas e populações animais afetadas por alguma atividade específica. Nesses casos, o profissional cria um projeto para mitigar os problemas causados por uma gestão anterior e melhorar, como for possível, o meio ambiente do território em questão.

Outra área de atuação possível é no licenciamento ambiental. De acordo com a legislação ambiental brasileira, algumas atividades só podem ser exercidas legalmente quando atendem a determinadas imposições dos órgãos competentes. O gestor ambiental pode, então, coordenar equipes que fiscalizem a adequação dos empreendimentos à lei. Atividades como postos de gasolina, extração de minerais, agropecuárias e estações de águas são algumas das que necessitam de licença ambiental para atuar.

Gestor ambiental pode atuar nos mais diversos segmentos, adequando, por exemplo, o manejo energético. (Fonte: Pixabay/Reprodução)

O gestor ambiental também pode oferecer consultoria ambiental, prestando serviços a empresas e outros contratantes que queiram adequar as atividades às melhores práticas ambientais, podendo atuar em todo o processo produtivo, desde o planejamento até a gestão de resíduos.

Em fazendas, esse profissional deve melhorar a produtividade enquanto garante que ocorra o menor impacto ambiental possível. Assim, pode atuar desde a melhor escolha para cultivos, no manejo de fertilizantes e outros insumos e na gestão de resíduos até na conservação de recursos naturais.

Fazendas podem ser beneficiadas por serviços de gestão ambiental. (Fonte: Pixabay/Reprodução)

Tecnólogo ou bacharel?

Para se tornar gestor ambiental é preciso realizar um curso superior bastante abrangente no qual são abordadas disciplinas como Cartografia, Avaliação de Impacto Ambiental, Recursos Hídricos, Recuperação de Áreas Degradadas, Energia e outras de Física, Biologia, Ecologia, Segurança e Saúde, Estatística.

Atualmente, no Brasil, existem duas modalidades do curso de Gestão Ambiental: bacharelado e tecnólogo. O primeiro tem duração de quatro anos e maior riqueza de detalhes nas matérias, por isso é mais denso no nível teórico, dando mais subsídios para alunos que queiram ser especialistas na área, sendo também indicado para quem quer seguir a carreira acadêmica e lecionar, por exemplo.

O curso de tecnólogo tem enfoque mais prático, com duração que varia de acordo com a instituição e pode demorar de dois anos a três anos até a formação. Esse modelo leva o aluno para situações mais práticas que podem aparecer no dia a dia profissional. Vale ficar atento, porque algumas vagas de trabalho podem exigir especificamente um dos tipos de curso.

Fonte: Guia da Carreira, Vgr resíduos, Quero Bolsa, Unopar, Carreiras e Profissões, Bureau Veritas, Dia de Campo

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Summit Agro

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas