AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Summit Agro

Como são medidas as maiores economias do mundo?

FMI divulgou a lista de maiores economias de 2022, saiba como o índice é criado

4 minutos de leitura

01/06/2023 | 11:47

Todo ano, o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulga o ranking de desempenho da economia de todos os países. Com base neste relatório, o órgão revela as maiores economias do mundo em um índice, onde é levado em conta o Produto Interno Bruto (PIB) de cada país.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB é um indicador que revela a soma de todos os bens, serviços finais e serviços produzidos em um país, estado ou cidade no período de um ano. Cada país calcula o seu PIB na moeda local, então, para realizar um índice geral, o FMI utiliza a conversão para dólar através de taxas oficiais.

Além disso, o órgão utiliza o chamado índice de Paridade do Poder de Compra (PPC). Este é um método de definir a qualidade de vida de uma população, levando em conta as variações cambiais e as flutuações de preços.

Brasil voltou à lista das 10 maiores economias do mundo em 2023. (Fonte: Pixabay/Reprodução)

Os dados do FMI também permitem análises interessantes sobre a realidade da economia mundial. As 20 maiores economias do mundo concentram 80% da riqueza produzida em todo planeta. Além disso, muitos dos países que estão entre as 10 maiores economias não estão na lista dos maiores PIB per capita, índice que demonstra a riqueza de um país dividida pelo número de habitantes.

10 maiores economias do mundo em 2022

  • 1º Estados Unidos — PIB US$ 18,6 trilhões;
  • 2º China — PIB US$ 11,2 trilhões;
  • 3º Japão — PIB US$ 4,9 trilhões;
  • 4º Alemanha — PIB US$ 3,4 trilhões;
  • 5º Reino Unido — PIB US$ 2,6 trilhões;
  • 6º França — PIB US$ 2,5 trilhões;
  • 7º Índia — PIB US$ 2,2 trilhões;
  • 8º Itália — PIB US$ 1,8 trilhões;
  • 9º Brasil — PIB US$ 1,8 trilhões;
  • 10º Canadá — PIB US$ 1,5 trilhões.

Confira, a seguir, alguns destaques das cinco maiores economias do mundo.

Nova York se destaca como centro financeiro mundial. (Fonte: Pexels/Reprodução)

1º lugar: Estados Unidos

A liderança da maior economia em 2022 continuou com os americanos. O país tem uma fonte de riqueza bastante diversificada, tendo muitos recursos naturais como petróleo, minério de ferro e carvão, e sendo um grande produtor e exportador de alimentos. Além disso, sua infraestrutura é altamente desenvolvida, e o país conta com mão de obra bastante especializada, principalmente em setores como tecnologia, finanças e saúde.

2º lugar: China

A China chega em segundo lugar no ranking devido ao crescimento incrível do PIB nos últimos anos. Apesar de ter o terceiro maior território do mundo, o gigante asiático não é tão rico em recursos naturais como outros países. Sendo assim, seu crescimento foi baseado no desenvolvimento da indústria, infraestrutura e tecnologia. Além disso, a China se fortaleceu como principal parceiro econômico de vários outros países e tornou a sua economia fundamental para o mundo.

3º lugar: Japão

Outro país asiático que se destacou pelo desenvolvimento da tecnologia foi o Japão. Nas últimas décadas, ele consolidou o posto de referência em eletrônicos, carros e maquinários para diferentes setores da indústria mundial.

4º lugar: Alemanha

O primeiro representante europeu da lista se caracteriza por ter uma economia bastante diversificada e fortemente industrializada. Com um PIB de US$ 3,4 trilhões em 2022, a Alemanha se destaca por sua indústria automobilística, além das indústrias de equipamentos elétricos e eletrônicos, engenharias e construção civil. Fora isso, o país também é um grande centro de finanças e investimentos, forte polo turístico e da agricultura regional.

5º lugar: Reino Unido

Com um PIB de US$ 2,6 trilhões em 2022, o Reino Unido fecha o ranking das cinco maiores economias do mundo. O país se destaca pela produção de riqueza nos setores de serviços e principalmente no setor financeiro, sendo um dos três centros da economia global, ao lado de Nova York e Tóquio. Apesar do bom desempenho, o Reino Unido vem enfrentando dificuldades para manter a aceleração desde que deixou a União Europeia e que o desenvolvimento da sua indústria perdeu fôlego.

Brasil ocupa nono lugar do ranking

O Brasil ficou na nona colocação do ranking de maiores economias do FMI em 2023. O PIB de 2022 foi de US$ 1,8 trilhão, puxado pelo setor de serviços, que corresponde a quase 70% deste total. Além disso, o País se destaca pelas riquezas naturais, sendo grande extrator e exportador de petróleo, de minério de ferro, de soja, de café e de outras commodities.

O agronegócio foi responsável por 24,8% do PIB nacional em 2022, contabilizando uma queda em relação aos 26,6% de 2021. O resultado, porém, foi muito influenciado por fatores externos, como o aumento de preços dos insumos devido às crises de logísticas causadas pelo conflito do leste europeu e os efeitos da pandemia de Covid-19.

Fonte: International Monetary Fund – FMI, Dados Mundiais, FGV, Cepea, Suno, gov.br, IBGE

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Summit Agro

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas