PUBLICIDADE

AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Inovação

Plataforma reúne programa de fidelidade, vendas de produtos agropecuários e crédito rural

Multinacional aposta em ampliação nos meios digitais e quer trazer transações financeiras do offline para o online

3 minutos de leitura 30/06/2024 | 08:30

Por: Daumildo Júnior | daumildo.junior@estadao.com

Patrícia Ambrósio, Head de Serviços Financeiros e Operações Estruturadas da BASF. Foto: BASF/Divulgação
Patrícia Ambrósio, Head de Serviços Financeiros e Operações Estruturadas da BASF. Foto: BASF/Divulgação

Um ambiente onde é possível comprar produtos agropecuários, financiar a compra e ainda ganhar pontos. Essa é a proposta do conecta.ag, uma plataforma digital da BASF que une produtores rurais com distribuidores de produtos agrícolas. Segundo a Head de Serviços Financeiros e Operações Estruturadas da BASF, Patrícia Ambrósio, essa dinâmica é o que diferencia esse ecossistema de outros. 

“Nosso diferencial, primeiro, a gente coloca a relação do distribuidor com agricultor no centro, então a gente não vai sobrepassar o distribuidor”, conta a Head da BASF, que espera chegar a 42 fornecedores de produtos agropecuários na plataforma até o fim do ano. 

Esses distribuidores não necessariamente precisam vender produtos da empresa dona do conecta.ag. A ideia é que casas agropecuárias e outros fornecedores criem suas lojas virtuais dentro do ambiente digital, independentemente de serem grandes ou pequenos. 

Além disso, a plataforma também oferece um acompanhamento técnico para os produtores. “Não é simplesmente para o agricultor ir lá e cotar preço de produto, ele recebe também uma recomendação técnica”, explica Ambrósio. 

Pontos podem resgatar até caminhonete

Outro diferencial é o programa de fidelidade. Na plataforma, é possível que as distribuidoras ofereçam seus próprios programas de fidelidade, ou seja, funciona como um agregador desse tipo de estratégia. 

PUBLICIDADE

“Vamos ter programas de relacionamento da própria BASF ou de outras indústrias ou dos próprios distribuidores de Agro, onde o agricultor, fazendo compras, sejam no online ou no offline, pontua nesses programas de relacionamento e ganha ‘conecta pontos’ e aí ele entra na plataforma do conecta.ag e vai ter a carteira de pontos dele que pode trocar por produtos e serviços”, descreve a Head de Serviços Financeiros. 

Na prática, funciona como outros programas do tipo, como os oferecidos pelas companhias aéreas e pelos bancos. Quanto mais compras feitas, mais pontos são acumulados e mais produtos e serviços podem ser trocados. 

“Dependendo do tamanho do produtor e do quanto ele transaciona, pode chegar a trocar por uma caminhonete”, acrescenta Ambrósio. Apesar disso, a empresa não revela quanto vale cada ponto, mas afirma que entre os produtos mais procurados estão celulares e aparelhos de ar-condicionado. 

Financiando a compra

Além disso, a executiva revela que a ideia da empresa é trazer os modelos e meios de pagamento do universo offline para o online. Isso quer dizer, por exemplo, a utilização de operações barter, que basicamente permitem ao produtor rural comprar insumos pagando com a colheita no final da safra. 

“O produtor, quando está olhando a oferta, ele não olha o preço em reais, ele olha o preço em sacas de soja, por exemplo”, complementa Ambrósio. Além dessa alternativa, o produtor vai contar com os meios tradicionais de pagamento já existentes para compras digitais, como PIX, boleto e cartão. 

PUBLICIDADE

Outro aspecto que a plataforma também pretende atender é a concessão de crédito. O produtor, quando fizer o cadastro, terá um limite de crédito pré-aprovado dentro do ambiente digital e com isso vai conseguir financiar a compra dos insumos. 

Apesar das novidades, o braço financeiro da plataforma ainda não está 100% implementado, mas a estimativa é de que até dezembro de 2024 esses modelos já estejam em uso na plataforma. “Nossa expectativa é colocar essa solução de crédito no próximo mês e estamos estruturando essa parte das operações barter para estar disponível até o fim do ano”, conta Ambrósio.

Para acessar o conecta.ag basta clicar no link e fazer o cadastro dentro da própria plataforma. 

Agro Estadão Newsletter

Newsletter

Acorde bem informado
com as notícias do campo

Agro Estadão Clima Agro Estadão Clima

Mapeamento completo das
condições do clima
para a sua região

Agro Estadão Clima
VER INDICADORES DO CLIMA

PUBLICIDADE

Notícias Relacionadas

Inovação

Embrapa prepara pedido de autorização para plantio de cannabis

Embrapa prepara pedido de autorização para plantio de cannabis

Solicitação deve ser protocolada na Anvisa no segundo semestre deste ano

Inovação

Embrapa desenvolve cultivar de trigo para o Cerrado voltada à confeitaria

Embrapa desenvolve cultivar de trigo para o Cerrado voltada à confeitaria

Entidade de pesquisa também deve lançar outras duas novas variedades, com resistência à brusone e maior produtividade

Inovação

Protocolo BRCana: tecnologia da Embrapa é considerada “a nova revolução” do setor sucroenergético

Protocolo BRCana: tecnologia da Embrapa é considerada “a nova revolução” do setor sucroenergético

Produtividade pode aumentar em 70% com o uso do protocolo BRCana, afirma pesquisador

Inovação

Soja Intacta: setor comemora uma década de tecnologia considerada revolucionária para aumento da produtividade

Soja Intacta: setor comemora uma década de tecnologia considerada revolucionária para aumento da produtividade

De acordo com a Bayer, Intacta RR2 PRO contribuiu para liderança brasileira no mercado da soja

PUBLICIDADE

“Busca Cacho” otimiza a colheita de açaí 

Equipamento “abraça” a palmeira e utiliza hastes ajustáveis para alcançar cachos de até 20 metros de altura

Açaí: Pará investe em ações para driblar a sazonalidade da produção

Além da migração do cultivo de áreas de várzea para irrigadas, estado realiza intercâmbio tecnológico com a Colômbia

Abelhas e soja: uma combinação que pode dar (muito) certo

Pesquisa da Embrapa comprova o que agricultores e apicultores aprenderam na prática: a produtividade de soja e mel aumentam quando as culturas andam juntas

Empresa gaúcha lança óleo de noz-pecã 

Produto gourmet é inédito e desenvolvido após 20 anos de pesquisas; produção depende de maior disponibilidade do fruto

Logo Agro Estadão
Bom Dia Agro
X
Carregando...

Seu e-mail foi cadastrado!

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Bem-vindo (a) ao Bom dia, Agro!

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Mantenha-se conectado!

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.