PUBLICIDADE

AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Nome Colunistas

Tiago Fischer

Engenheiro Agrônomo, professor do Insper e diretor da Stracta Consultoria

Esse texto trata de uma opinião do colunista e não necessariamente reflete a posição do Agro Estadão

Opinião

A máquina que alimenta o mundo mostrando seu lado mais nobre

Diante da tragédia que atingiu o Rio Grande do Sul, iniciativas lideradas por agentes do setor agropecuário brasileiro aumentam a esperança

2 minutos de leitura 14/06/2024 | 11:27

Foto: Adobe Stock
Foto: Adobe Stock

O agronegócio nacional é comumente analisado pelos diferentes especialistas no tema por seus atributos técnicos em termos de produção e produtividade. Além disso, por sua importância econômica em relação ao PIB, ou mais ainda, por seu papel social mais nobre: o de alimentar o mundo.

Contudo, frente aos acontecimentos devastadores pelos quais o Rio Grande do Sul passou e vai conviver, infelizmente, por ainda mais tempo, alguns dos principais agentes do agro nacional vêm mostrando sua face ainda mais nobre.

Não quero tirar o destaque aqui das importantes e necessárias ações assistencialistas que muitos setores da economia estão fazendo como forma de auxiliar na recuperação do RS, vou apenas me ater às iniciativas técnicas e planejadas que estão sendo desenvolvidas por empresas e pessoas do agro como forma de fomentar a recuperação técnica produtiva de um dos estados mais importantes para a produção agropecuária nacional.

Estamos falando de interessantes iniciativas, como as lideradas por algumas das principais multinacionais produtoras de insumos agrícolas unindo forças com entidades técnicas do mercado de arroz, por exemplo, focando na construção de metodologias e equipes dedicadas a trabalhos de recuperação de solos (princípio básico para a recuperação da capacidade produtiva das fazendas).

Ou mesmo, os exemplos de união de produtores de arroz, historicamente especializados em lidar tecnicamente com inundações programadas, já que o cultivo depende desta técnica, sendo engajados e liderados pelas entidades de representação de classes do segmento e por algumas das mais tradicionais cooperativas do sul. Todos focados em usar seus conhecimentos e suas ferramentas para auxiliar no processo de esvaziamento das áreas alagadas em Porto Alegre.

PUBLICIDADE

Ainda vemos algumas das principais entidades de crédito de custeio agrícola, principalmente as cooperativas e entidades privadas, se mobilizando para rever e reestruturar seus modelos de financiamento, cientes de que, em um mercado que historicamente trabalha financiado, em situações como esta, é necessário rever prazos, modelos de acesso e custos associados.

Porém, como disse, esses são apenas alguns dos exemplos. Mas o que mais chama a atenção é que de todos eles os que mais se destacam por sua efetividade e impacto são aqueles organizados por indústrias, cooperativas, revendas varejistas e entidades do próprio agro!

Não é de hoje que, quem vive deste setor, sabe o quanto somos unidos. Em alguns aspectos poderíamos e deveríamos ser muito mais, mas, naqueles que importam para o fortalecimento e sobrevivência setorial, estamos sempre “de mãos dadas”.

Ao ver toda essa mobilização de maneira tão planejada e coordenada, pode-se notar como todos os fundamentos que trouxeram o agro nacional para a relevância que ele tem hoje podem ser usados não apenas para o bem do próprio setor, mas também para o bem de toda a sociedade. É o agro protegendo o agro e, assim, protegendo a todos!

PUBLICIDADE
Agro Estadão Newsletter

Newsletter

Acorde bem informado
com as notícias do campo

Agro Estadão Clima Agro Estadão Clima

Mapeamento completo das
condições do clima
para a sua região

Agro Estadão Clima
VER INDICADORES DO CLIMA

PUBLICIDADE

Notícias Relacionadas

Opinião

Educação na base da pirâmide do agro

Educação na base da pirâmide do agro

O tema desenvolvimento profissional e tecnológico do agronegócio é recorrente e assume papel de destaque quando se discutem os aspectos necessários para a continuidade do crescimento do setor

Opinião

Pantanal: o coletivo em prol desta joia brasileira

Pantanal: o coletivo em prol desta joia brasileira

A queda na temperatura e a chegada da umidade na região do Pantanal,  nestes últimos dias, têm ajudado a reduzir o número de focos de incêndio e contribuído com o trabalho dos brigadistas. Um alento ao meu coração que já é uma parte pantaneiro

Opinião

Dessalinização: urgência para o agro brasileiro?

Dessalinização: urgência para o agro brasileiro?

Modelos climáticos preveem que as tendências atuais continuarão, o que significa que a disponibilidade de água em muitas regiões da América Latina será ainda mais afetada no futuro

Opinião

A certificação da cadeia de agronegócio é o nosso passaporte para os mercados globais

A certificação da cadeia de agronegócio é o nosso passaporte para os mercados globais

Os brasileiros têm consciência da potência agrícola que representamos agora e no futuro; produtores estão comprometidos com a preservação ambiental

PUBLICIDADE

Marcos Fava Neves alerta quais os 5 pontos para ficar de olho no mercado agrícola em julho

Possível transição do El Niño para o La Niña, avanço do milho segunda safra, aquisição de insumos e o câmbio são alguns dos alertas para a próxima safra  

Taxação das emissões de carbono na pecuária: o caminho mais fácil

Contrariamente ao que muitos pensam, a novidade não vem daqui, mas de um país europeu 

Política Agrícola: inovação institucional e reengenharia

No artigo anterior, desta semana, em que seriam feitos os anúncios dos novos planos safra, escrevi que é usual quando se encerra/inicia um período de safra, fazer um balanço de como foi o plano anterior e projetar como será o novo 

Reputação do agronegócio brasileiro: lições da Rússia

Teka Vendramini relata experiências durante viagem à Rússia: "o nosso agro desperta o interesse do mundo"

Logo Agro Estadão
Bom Dia Agro
X
Carregando...

Seu e-mail foi cadastrado!

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Bem-vindo (a) ao Bom dia, Agro!

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Mantenha-se conectado!

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.