AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Economia

Soja: para que serve, além da commodity

Conhecida como “grão dourado”, a soja é a principal cultura produzida na agricultura brasileira; confira o que pode ser feito com o grão 

4 minutos de leitura

02/06/2024 | 09:00

Por: Fernanda Farias | fernanda.farias@estadao.com

leite de soja e graos
Leite de soja é opção para intolerantes à lactose. Foto: Adobe Stock

 A soja pode ser considerada o grão mais valioso do mundo. Seu preço é regulado pelo mercado internacional, por isso trata-se de uma commodity.

O Brasil é o maior produtor mundial de soja e responde por quase metade de tudo que é produzido no planeta. Na safra 2022/23, por exemplo, o Brasil colheu 156 milhões de toneladas da oleaginosa, enquanto os Estados Unidos colheram 116 milhões de toneladas, segundo a Conab.

No mundo, o grão ocupa o total de 136 milhões de hectares de lavouras. No Brasil, a área plantada soma cerca de 44 milhões de hectares. 

Os ciclos de desenvolvimento vão de 90 a 95 dias – no ciclo mais curto – até 120 a 125 dias – no ciclo longo. Após a colheita, os grãos podem ser processados para a produção de farelo e óleo.

Principais derivados da soja 

Óleo de soja: usado na culinária, na produção de biodiesel e também pela indústria farmacêutica e cosmética.

Lecitina de soja: é derivado do óleo extraído do grão. Trata-se de uma gordura importante para o metabolismo que também encontrada na gema do ovo. Além de ser usada em produtos alimentícios, a lecitina de soja também tem uso na indústria farmacêutica. 

Farelo de soja: depois que o óleo é extraído da semente, o que sobra passa por moagem e secagem. O resultado é o farelo, que é bastante usado como ração animal, pois tem alto teor de proteína.

Afinal, para que serve a soja? 

A oleaginosa é bastante versátil e pode ser usada pela indústria de diversas formas: para alimentação, produção de combustível e nutrição animal. 

Alimentação

Muito usada na alimentação humana e animal, a soja é considerada um alimento funcional porque além de oferecer nutrientes, faz bem para a saúde. Segundo a Embrapa, 100 gramas do grão possuem 38 gramas de proteína. Por isso, ela costuma substituir a proteína animal nas dietas. Também é uma opção para aquelas pessoas diabéticas, pois as suas fibras ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue.

A soja ainda pode ser consumida em grãos ou em alimentos feitos a partir do grão. Atualmente, as indústrias de alimentos oferecem inúmeras opções de produtos como carnes, bebidas e óleos.

grãos de soja
Foto: Adobe Stock

Indústria

Usada em diferentes formas pela indústria, sendo o óleo e o farelo de soja os mais comuns. No Brasil, mais de 70% do óleo de soja é usado pela indústria de alimentos e para a produção de combustível. 

Geração de Energia

A oleaginosa tem sido cada vez mais usada na produção de biodiesel e biogás. A partir do óleo, a indústria fabrica o biodiesel, uma alternativa renovável aos combustíveis fósseis.

O biogás é produzido a partir de resíduos vegetais e animais, como restos de colheita e de esterco, gerando eletricidade e calor. Mais uma energia limpa para uso em casas ou indústrias.

O que se produz com a soja?

Farinha de soja

Ela é tradicional na culinária japonesa e pode ser encontrada integral ou torrada. A forma de obtenção de cada tipo de farinha varia de acordo com o tratamento que é dado ao grão que é torrado ou cozido na água quente. Como a soja tem alto teor de proteínas, a farinha de soja serve para aumentar o valor proteico dos alimentos.

Leite de soja

É um leite sem lactose, por isso, é uma opção para os intolerantes à substância. Além disso, a quantidade de calorias é menor em relação ao leite integral, são cerca de 82 calorias em 200 ml contra 116 calorias.

O consumidor pode produzir o leite de soja em casa, deixando os grãos de molho de um dia para o outro, após bater no liquidificador, e em seguida ferver com mais água. 

Tofu

O tofu é um queijo sem leite. De origem chinesa, é feito da mistura do leite de soja com sal. Rico em ácidos graxos poli-insaturados como ômegas 3 e 6, é também uma importante fonte de ferro. O tofu pode ser usado em receitas doces e salgados, pois funciona como um saboroso acompanhamento.

Óleo 

O esmagamento da soja dá origem ao óleo, que é usado como matéria-prima de diversos outros produtos. Na culinária, por exemplo, os produtos feitos a partir desse óleo são o óleo refinado, margarinas e maioneses. Na indústria, ele dá origem a solventes, lubrificantes, tintas e plásticos.

As indústrias também usam o derivado para a fabricação de biocombustível. No Brasil, o biodiesel é misturado com a gasolina e atualmente, o índice de adição está em 14%. 

Lecitina de Soja

A lecitina é extraída do óleo e trata-se de uma substância emulsificante. Ela pode ser usada como suplemento alimentar em xaropes ou na fabricação de salsichas, sorvetes e barras de cereais. A lecitina é bem usada na indústria de cosméticos. 

Siga o Agro Estadão no Google News e fique bem informado sobre as notícias do campo.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Economia

1

Blairo Maggi: "2024 é um ano decisivo para a CPR"

Blairo Maggi: "2024 é um ano decisivo para a CPR"
2

Cafés especiais: a aposta que deu certo 

Cafés especiais: a aposta que deu certo 
3

Butiá: conheça a fruta, os tipos, a origem e a forma de plantar e cuidar

Butiá: conheça a fruta, os tipos, a origem e a forma de plantar e cuidar
4

IBPecan solicita mais de 262 milhões de socorro aos produtores do RS

IBPecan solicita mais de 262 milhões de socorro aos produtores do RS
5

Perdas na suinocultura gaúcha são estimadas em R$ 80 milhões

Perdas na suinocultura gaúcha são estimadas em R$ 80 milhões
6

Moringa: nutrição poderosa para os animais e aumento de lucros

Moringa: nutrição poderosa para os animais e aumento de lucros

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas