AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Economia

O Brasil já é autossuficiente na produção de cacau ou precisamos importar? 

Produtores e indústrias divergem sobre os números; produtividade das lavouras ainda é pequena

2 minutos de leitura

26/03/2024 | 07:00

Por: Fernanda Farias | fernanda.farias@estadao.com

arvore de cacau no meio da mata atlantica
Foto: Adilson José Almeida

A Associação Nacional dos Produtores de Cacau (ANPC) afirma que o país já produz o suficiente para o consumo interno. A presidente, Vanuza Barroso, diz que 290 mil toneladas foram colhidas em 2023, de acordo com o IBGE. O Pará é o maior produtor (em relação à produtividade), junto com a Bahia. Mas existe produção também em Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Tocantins e São Paulo.

“São Paulo já tem 400 hectares! A produção de cacau é crescente e temos muito potencial. Somos o único país socialmente correto, ambientalmente correto [em relação ao cacau] onde a indústria pode alavancar o maior aumento da produção”, reflete Vanuza.  

Já a entidade que representa as indústrias afirma que elas receberam 220 mil toneladas de cacau brasileiro em 2023 e, por isso, 40 mil toneladas foram importadas. 

“Essa importação é para atender aos clientes internacionais. O Brasil é o único na América Latina que produz derivados para o mercado interno e internacional. Se não tiver a importação, a gente perde um importante mercado”, explicou Anna Paula Losi, presidente-executiva da Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC).

Os derivados são licor e manteiga para fazer o chocolate, e o pó do cacau, para outros produtos como os achocolatados. No ano passado, as exportações de derivados chegaram a 47 mil toneladas e as de amêndoas, 700 toneladas.

Produtividade pode aumentar com investimento e tecnologia

A produtividade do cacau ainda é um ponto frágil para o setor, desde a entrada da vassoura de bruxa na cultura. Para erradicar e amenizar a praga, foram desenvolvidos clones, que permitem o ano inteiro de produção. Mas segundo a ANPC, eles ainda são pouco usados. 

A presidente da ANPC explica que o sistema cabruca [quando os cacaueiros estão misturados a outras árvores da mata] impera na produção de cacau. A pouca luminosidade devido à mata fechada, acaba reduzindo a produtividade. 

Na Bahia, por exemplo, são 400 mil hectares, mas a produtividade é de 12, 15, até 25 arrobas por hectare, segundo a ANPC. O ideal, segundo os produtores, seria 50 arrobas por hectare, para que a cultura torne-se rentável.

“Tem como chegar, mas produtor sem dinheiro, não compra adubo. A gente precisa de adubação e de assistência técnica”, afirma. 

Desafios no cacau: produtores cobram políticas de apoio e incentivo – confira a última reportagem sobre cacau nesta quarta-feira, 26. Leia a primeira reportagem sobre os preços do cacau, que atingiram patamar histórico.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Economia

1

Cumaru: o que é, usos e como plantar a baunilha brasileira

Cumaru: o que é, usos e como plantar a baunilha brasileira
2

OCB vê retrocessos em regulamentação da Reforma Tributária e alerta para bitributação de produtor rural

OCB vê retrocessos em regulamentação da Reforma Tributária e alerta para bitributação de produtor rural
3

Ciclo pecuário do Nelore: produção brasileira de alta qualidade 

Ciclo pecuário do Nelore: produção brasileira de alta qualidade 
4

Gangrena gasosa pode matar bovino em 48 horas 

Gangrena gasosa pode matar bovino em 48 horas 
5

Brasil se torna maior exportador mundial de algodão pela primeira vez

Brasil se torna maior exportador mundial de algodão pela primeira vez
6

Ministério da Agricultura desclassifica 14 marcas de café torrado e determina recolhimento dos produtos; confira lista

Ministério da Agricultura desclassifica 14 marcas de café torrado e determina recolhimento dos produtos; confira lista

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas