AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Agropolítica

Presidente da Embrapa: precisamos de dois terços do que temos no orçamento hoje para manter as pesquisas 

Silvia Massruhá afirma que são necessários R$ 500 milhões ao ano para manter estudos; pedido foi feito durante evento de 51 anos da Embrapa

2 minutos de leitura

25/04/2024

Por: Letícia Luvison * | leticia.luvison@estadao.com

presidente da Embrapa
Foto: Embrapa Divulgação

A presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Silvia Massruhá, afirmou que existem mil projetos de pesquisa em andamento na empresa que custam R$ 500 milhões ao ano. “É preciso reforçar o orçamento da Embrapa, precisamos de dois terços do que temos (R$ 500 milhões). Hoje a gente tem somente um terço que vem do Executivo”, explicou, durante cerimônia de comemoração aos 51 anos da Embrapa, nesta quinta, 25. 

O ministro da Agricultura, que ouviu o discurso do palco, disse que o valor é muito inferior ao necessário. “R$ 500 milhões é nada, desculpe a sinceridade. Perante tudo aquilo que a Embrapa faz pro Brasil. Acontece que o orçamento público, responsabilidade fiscal, é uma dificuldade de superar”, afirmou Carlos Fávaro.

O ministro disse ainda que “o PAC prevê R$ 1 bilhão para infraestrutura, concursos, equipamentos, ciência e tecnologia, para a Embrapa nos próximos anos. E que isso só se faz com pessoas”.

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro
Carlos Fávaro diz que ‘R$ 500 milhões não é nada”. Foto: Embrapa/Divulgação.

Silvia ressaltou ainda que o orçamento só da União é pouco para manter todas as pesquisas existentes hoje, além dos projetos. “A gente precisa reforçar o orçamento da Embrapa, como o Agro avançou muito, exportamos para o mundo todo, o setor precisa apoiar as pesquisas também”, reforçou.

Conforme antecipou o Broadcast Agro, durante a cerimônia de aniversário, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, defendeu que haja maior investimento do Executivo na Embrapa. “É absurdo e irresponsabilidade conjunta que uma empresa como a Embrapa deixe de fazer pesquisa porque falta R$ 1 milhão, R$ 2 milhões. Precisamos lembrar que cada centavo aplicado na Embrapa volta para esse País em dólar exportado de soja e milho”, afirmou Lula.

Ele cobrou os ministros da Agricultura, Carlos Fávaro, e da Fazenda, Fernando Haddad, que durante suas participações no evento não anunciaram investimentos ou repasse de verbas para a estatal. “Se a Embrapa é importante, é a instituição mais respeitada do País, cabe ao governo e ministros darem o tamanho que ela merece”, afirmou Lula. 

O presidente citou a necessidade de realizar uma reunião com as pastas e a Embrapa para viabilizar o programa Embrapa 50+, que prevê estruturar as ações da empresa nos  próximos 50 anos. Durante o discurso, Lula perguntou à presidente da estatal se a Embrapa possui dinheiro suficiente para fazer suas pesquisas e ouviu um sonoro não da plateia, formada por servidores da empresa.

*Com informações do Broadcast Agro

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Agropolítica

1

Bancada do agro elogia decisão do STF sobre terras indígenas: Gilmar Mendes suspende todas as ações que questionam Marco Temporal  

Bancada do agro elogia decisão do STF sobre terras indígenas: Gilmar Mendes suspende todas as ações que questionam Marco Temporal  
2

Entidades do Agro fazem campanha para atingidos por temporais no RS; veja como ajudar

Entidades do Agro fazem campanha para atingidos por temporais no RS; veja como ajudar
3

CNA pede ao governo federal R$ 570 bilhões para o Plano Safra 24/25 

CNA pede ao governo federal R$ 570 bilhões para o Plano Safra 24/25 
4

“Não existe necessidade de importar arroz”, afirma Federarroz

“Não existe necessidade de importar arroz”, afirma Federarroz
5

STF assegura demarcação de Terra Indígena em SC e discussão sobre revogação do marco temporal ganha força

STF assegura demarcação de Terra Indígena em SC e discussão sobre revogação do marco temporal ganha força
6

Chuvas no RS: Fávaro sinaliza com linha de crédito emergencial e leilão para comprar arroz do Mercosul

Chuvas no RS: Fávaro sinaliza com linha de crédito emergencial e leilão para comprar arroz do Mercosul

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas