AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Agropolítica

Gripe aviária: SC renova decreto de estado de emergência zoossanitária

“Essa medida é de caráter preventivo, para continuarmos mantendo nosso status de excelência sanitária e para proteger a avicultura comercial, a saúde pública, a biodiversidade e a economia catarinense”, disse o secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Valdir Colatto

1 minuto de leitura

05/04/2024

Por: Broadcast Agro

Pessoa averigando galinhas
Foto: Adobe Stock

São Paulo, 5 – O governo de Santa Catarina renovou o decreto que declara estado de emergência zoossanitária, em virtude da detecção pelo vírus da Influenza Aviária H5N1 de alta patogenicidade em aves silvestres no Brasil. Em nota, diz que o Estado não registrou neste ano casos de influenza aviária, mas que decidiu adotar a medida preventiva para dar continuidade às ações de vigilância e alerta. O decreto nº 540, publicado em 4 de abril, vale por 180 dias, a contar de 16 de janeiro de 2024.

“Essa medida é de caráter preventivo, para continuarmos mantendo nosso status de excelência sanitária e para proteger a avicultura comercial, a saúde pública, a biodiversidade e a economia catarinense”, disse o secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Valdir Colatto.

O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango e o segundo maior produtor e é o único entre os grandes produtores mundiais a nunca registrar influenza aviária na produção comercial.

Na nota, o governo catarinense lembra que em 2023 foi registrado o 1º caso de influenza aviária de alta patogenicidade no País e em Santa Catarina, mas sem registros na produção comercial. “Até o momento, o Brasil possui 160 casos de gripe aviária, sendo 157 em animais silvestres e três em aves de fundo de quintal, segundo dados da plataforma oficial de monitoramento da doença. Em Santa Catarina foram registrados 21 casos em 2023 – 20 em animais silvestres e 1 em aves de fundo de quintal, o último caso confirmado no Estado foi no dia 18 de dezembro de 2023.”

()

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Agropolítica

1

Bancada do agro elogia decisão do STF sobre terras indígenas: Gilmar Mendes suspende todas as ações que questionam Marco Temporal  

Bancada do agro elogia decisão do STF sobre terras indígenas: Gilmar Mendes suspende todas as ações que questionam Marco Temporal  
2

Entidades do Agro fazem campanha para atingidos por temporais no RS; veja como ajudar

Entidades do Agro fazem campanha para atingidos por temporais no RS; veja como ajudar
3

CNA pede ao governo federal R$ 570 bilhões para o Plano Safra 24/25 

CNA pede ao governo federal R$ 570 bilhões para o Plano Safra 24/25 
4

“Não existe necessidade de importar arroz”, afirma Federarroz

“Não existe necessidade de importar arroz”, afirma Federarroz
5

STF assegura demarcação de Terra Indígena em SC e discussão sobre revogação do marco temporal ganha força

STF assegura demarcação de Terra Indígena em SC e discussão sobre revogação do marco temporal ganha força
6

Chuvas no RS: Fávaro sinaliza com linha de crédito emergencial e leilão para comprar arroz do Mercosul

Chuvas no RS: Fávaro sinaliza com linha de crédito emergencial e leilão para comprar arroz do Mercosul

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas