AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Agropolítica

Filipinas aprova acordo de pré-listing para carnes de aves, suínos e bovinos

Acordo pode impulsionar vendas para mercado que está crescendo, segundo ABPA

1 minuto de leitura

12/03/2024 | 18:21

Por: Da Redação

variados tipos de carnes
Foto: Adobe Stock

As autoridades das Filipinas reconheceram a equivalência de sistema de inspeção sanitária brasileira para as exportações de carne suína, bovina e de aves. Na prática, a medida facilita as exportações e reduz barreiras para que qualquer empresa habilitada pelo Sistema de Inspeção Federal (SIF) possa solicitar o credenciamento para venda ao mercado filipino. 

Em nota, o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) disse que o pedido de equivalência, chamado também de acordo de pré-listing, foi feito em 2023. Com a resposta positiva dos filipinos, o acordo tem validade de três anos e começa a partir de 28 de fevereiro deste ano.

Um acordo de pré-listing também foi firmado em fevereiro com o Egito durante uma viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao país.

A notícia foi comemorada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Até o momento, apenas 27 frigoríficos estão autorizados a fazer exportação, sendo 23 de carne de frango e quatro de carne suína. 

A associação avalia que o acordo impulsionará as vendas internacionais para esse mercado, que atualmente já é o sexto em carne de frango e o segundo em carne suína exportadas do Brasil.

“Percentualmente, as Filipinas são o mercado com maior crescimento no setor de suínos e um dos que mais cresce nas importações de carne de frango do Brasil.   Quando relacionamos a quantidade de plantas habilitadas até aqui e o volume embarcado, temos uma perspectiva do quão positiva é a expectativa sobre o futuro deste mercado, tanto para a carne de frango como para outros produtos como as carnes de peru e de pato”, afirmou em nota o diretor de mercados da ABPA, Luís Rua.

Somente em 2023, as Filipinas compraram US$ 700 milhões em carnes, o que representou 394 mil toneladas em volume embarcado. No total das exportações brasileiras de produtos agropecuários, o país asiático comprou US$ 907,9 milhões.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Agropolítica

1

Crise no arroz: entenda a queda de braço entre governo e setor produtivo

Crise no arroz: entenda a queda de braço entre governo e setor produtivo
2

Governo destina mais R$ 6,7 bi para importação de arroz e setor reage: “um desastre”

Governo destina mais R$ 6,7 bi para importação de arroz e setor reage: “um desastre”
3

Exclusivo: Plano Safra 2024/2025 pode ter R$ 540 bilhões

Exclusivo: Plano Safra 2024/2025 pode ter R$ 540 bilhões
4

Farsul diz que cada produtor rural perdeu, em média, R$ 1,4 milhão nas enchentes do RS

Farsul diz que cada produtor rural perdeu, em média, R$ 1,4 milhão nas enchentes do RS
5

Projeto que exclui invasores de terras de programas sociais é aprovado na Câmara Federal

Projeto que exclui invasores de terras de programas sociais é aprovado na Câmara Federal
6

Conab nega influência do governo em leilão de arroz; ex-assessor de Neri Geller representa três empresas vencedoras

Conab nega influência do governo em leilão de arroz; ex-assessor de Neri Geller representa três empresas vencedoras

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas