AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Summit Agro

Aprenda a como fazer enxerto nas plantas frutíferas

Prática de enxerto de plantas é utilizada há mais de dois mil anos e proporciona a melhoria do desenvolvimento de árvores frutíferas

3 minutos de leitura

15/12/2021 | 15:00

A técnica de realizar enxerto em plantas é conhecida pelos agricultores há pelo menos 2,3 mil anos, e ainda é uma ótima maneira de obter pomares com maior resistência a pragas e doenças, além de frutas mais saborosas e com maior qualidade.

O enxerto de plantas possibilita o cultivo de espécies em regiões com fatores climáticos e condições de solo inapropriado para o desenvolvimento de certas frutas. Além disso, a técnica proporciona um rápido desenvolvimento, especialmente para recuperação de plantios atingidos por pragas ou doenças.

O que é enxerto?

A operação de enxerto envolve a introdução de uma gema, brota ou ramo de um vegetal em outro vegetal. (Fonte: schankz/Shutterstock/Reprodução)

A enxertia proporciona o desenvolvimento de uma nova planta a partir da união do tecido vegetal de diferentes espécies. A técnica é considerada uma reprodução assexuada da planta e também é conhecida como propagação clonal ou vegetativa.

A planta enxertada, ou cavaleiro, é responsável por produzir os frutos da variedade desejada, enquanto o porta-enxerto (cavalo) é composto do sistema radicular e parte do caule e responde pelas funções básicas, como o fornecimento de água e nutrientes, e garante a adaptação da planta às condições do solo, do clima, e de doenças e pragas.

A maioria das árvores frutíferas hoje são produzidas a partir de enxertos. Além de conferir características específicas à planta resultante, é um meio rápido e confiável de reproduzir plantas que não crescem com o mesmo tipo a partir da semente.

Como fazer enxerto?

Em geral, o enxerto é realizado a partir de uma ferida criada em uma das plantas para que a outra seja inserida e os tecidos de ambas possam crescer juntos. A ferida precisa ser protegida até que cicatrize para evitar que pragas e doenças entrem no enxerto.

O sucesso da técnica depende da compatibilidade entre as espécies envolvidas. Estudos indicam que enxertos em diferentes gêneros da mesma família raramente são compatíveis, mas enxertos de diferentes espécies dentro do mesmo gênero podem sobreviver.

Métodos de enxerto de plantas

Cada espécie de planta tem uma técnica mais adequada de enxertia. (Fonte: Wichai Prasomsri1/Shutterstock/Reprodução)

Os métodos de enxertia são classificados de acordo com o tamanho, posição do caule e tipo de corte. De forma geral, existem três técnicas principais para fazer enxerto. Cada uma é mais adequada a uma espécie de planta.

Garfagem

Essa técnica consiste em utilizar duas plantas com o mesmo diâmetro de caule para que o enxerto seja encaixado no porta-enxerto perfeitamente, a partir de um corte preciso em V (conhecido como garfo). Após o encaixe de um caule no meio do V, uma corda deve ser amarrada para garantir a união dos tecidos vegetais. É recomendável cortar todos os galhos do porta-enxerto, deixando apenas três para o enxerto respirar.

Borbulha

A prática consiste em destacar uma gema vegetativa (borbulha) da matriz que se quer propagar, e introduzir em uma muda de variedade rústica da mesma espécie ou de espécie aproximada. Os cortes podem ser feitos em formato de T normal, T invertido, em janela aberta (duas incisões transversais e duas longitudinais), em janela fechada (duas incisões transversais e uma vertical no centro), anelar (com uma ou duas incisões circulares) ou chapinha.

Encostia

Caso as duas técnicas anteriores não tenham tido sucesso, o produtor pode optar pela encostia. O método consiste em fazer uma incisão nas duas plantas e encostá-las com o reforço de uma fita para que haja troca de seiva e, posteriormente, união dos tecidos. Quando o enxerto vingar, o cavalo pode ser cortado aos poucos.

Fonte: Sítio Pema, Pensamento Verde, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Summit Agro

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas