AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Summit Agro

5 informações que você precisa saber sobre a salmonela

A salmonelose, doença causada pela bactéria, é uma das intoxicações mais comuns no Brasil

3 minutos de leitura

23/09/2022 | 10:00

As enfermidades causadas pela ingestão de alimentos contaminados são muito comuns no Brasil. Segundo dados do Boletim Epidemiológico 32, da Secretaria de Vigilância em Saúde, publicado em 2020, de 2016 a 2019 o País sofreu 626 surtos de intoxicação alimentar, sendo quase 15% dos casos causados pela salmonela. Apesar de comum, a infecção por essa bactéria pode ser grave. Confira algumas informações que você precisa saber para evitar a contaminação.

1. O que é salmonela?

A bactéria do gênero Salmonella tem mais de uma espécie. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

A salmonela é uma bactéria que apresenta duas espécies: a S. enterica e a S. bongori. A maioria das pessoas infectadas desenvolve a salmonelose, no entanto, essas bactérias também são responsáveis por uma doença conhecida como febre tifoide.

2. Como ocorre a contaminação?

Os ovos são considerados o principal meio de contaminação da doença. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

A infecção ocorre por meio do consumo de alimentos ou água contaminados com fezes de animais, isso porque a bactéria é normalmente encontrada no trato digestivo de galinhas, porcos, vacas, répteis, anfíbios e até de cães e gatos.

O principal alimento associado a surtos da infecção é o ovo, mas a salmonelose pode ser causada também pela ingestão de carnes cruas, leite e produtos lácteos não pasteurizados, pescados e alimentos frescos que foram mal higienizados.

3. Quais são os sintomas da infecção?

Os sintomas são semelhantes a outras intoxicações alimentares. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

A salmonelose geralmente apresenta sintomas típicos de uma doença transmitida por alimentos (DTA), entre eles estão vômito, dores abdominais, febre e diarreia. Em geral, os sintomas começam entre 6 horas e 6 dias após a infecção, podendo durar de 4 dias a 7 dias.

Além desses sintomas, a infecção por salmonela pode provocar uma grave desidratação do paciente. Portanto, reidratar o corpo é fundamental para a recuperação. Também vale reforçar os cuidados com pessoas idosas e crianças por terem um sistema imunológico mais frágil.

4. Como são feitos o diagnóstico e o tratamento?

A hidratação é essencial para o tratamento da infecção por salmonela. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

O diagnóstico da doença é feito por meio de exames laboratoriais das fezes do paciente ou de amostras dos alimentos suspeitos de contaminação.

O tratamento de casos leves a moderados é realizado em casa e requer repouso e ingestão de bastante água. Apenas grupos de risco como idosos, bebês e pacientes imunocomprometidos devem receber indicação de uso de antibióticos, já que, em pessoas com o sistema imunológico mais debilitado, o medicamento pode não eliminar por completo as bactérias e acabar selecionando somente as mais resistentes, levando, assim, a um prolongamento do tratamento.

5. Como prevenir a infecção?

Lavar bem os alimentos ajuda a prevenir a doença. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

A cadeia produtiva dos alimentos pode contribuir na prevenção da doença, com o estabelecimento de um controle sanitário rígido nas etapas de produção agrícola, no processamento dos alimentos e na fabricação e envio para o mercado consumidor.

Já o consumidor final pode evitar a contaminação por meio de medidas sanitárias básicas, como lavar as mãos antes de manipular alimentos, lavar bem os próprios alimentos, consumir carnes e ovos bem cozidos e evitar se alimentar em locais com pouca higiene.

Fonte: SocGastro, CDC, Ministério da Saúde

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Summit Agro

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas