AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Economia

RO: compra de animais representa 51,6% do custo ao pecuarista, aponta pesquisa 

Alimentação e suplementação mineral também pesam no bolso do criador

1 minuto de leitura

02/05/2024 | 12:36

Por: Sabrina Nascimento

rebanho bovino em pé na pastagem
Foto: Adobe Stock

A aquisição de animais no sistema de recria e engorda em semiconfinamento em Rondônia representa 51,6% do custo operacional efetivo – despesas diretas – ao pecuarista. O item representa o ponto de maior custo ao criador do Estado. Na sequência está a alimentação (19,8%) e a suplementação mineral (9,1%). Assim, o custo por arroba vendida ficou em R$ 171,88.

Os dados prévios fazem parte do levantamento do custo de produção do projeto Campo Futuro realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com o Cepea e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia.

A propriedade modal analisada, que mais representa a atividade na região, está localizada no município de Colorado do Oeste (RO) e registra abate anual de cerca de 100 cabeças de bovinos. 

No cenário nacional, Rondônia se encontra na 6ª posição do ranking com maior número de bovinos no rebanho. Somando mais de 17 milhões de cabeças, de acordo com a última pesquisa de pecuária municipal publicada pelo IBGE.  “Por isso que Rondônia está dentro do nosso radar de monitoramento com relação às regiões pecuárias onde a gente faz esse levantamento de custo de produção”, afirmou ao Agro Estadão o assessor técnico da Comissão Nacional de Pecuária de Corte da CNA, Rafael Ribeiro.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Economia

1

Cadeia de suínos movimentou R$ 371,6 bilhões em 2023, aponta ABCS

Cadeia de suínos movimentou R$ 371,6 bilhões em 2023, aponta ABCS
2

ITR: tudo que você precisa saber do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural

ITR: tudo que você precisa saber do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural
3

Arroz: consultor diz que importação é a saída, mas não é o momento

Arroz: consultor diz que importação é a saída, mas não é o momento
4

Prejuízos no agronegócio do RS passam de R$ 2 bilhões, estima Confederação Nacional dos Municípios

Prejuízos no agronegócio do RS passam de R$ 2 bilhões, estima Confederação Nacional dos Municípios
5

Cargill investiu R$ 2,5 bilhões no Brasil em 2023: “um lugar pra gente estar”

Cargill investiu R$ 2,5 bilhões no Brasil em 2023: “um lugar pra gente estar”
6

Entidades de SC pedem suspensão de leilão para compra de arroz

Entidades de SC pedem suspensão de leilão para compra de arroz

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas