Economia

BNDES libera R$ 30,4 bilhões em crédito rural via Plano Safra em 2023

Total de crédito rural ultrapassa R$ 41 bilhões e representa alta de 53% em relação ao ano anterior

1 minuto de leitura

04/03/2024

Por: Daumildo Júnior | daumildo.junior@estadão.com

Logo BNDES
Foto: Salty View - stock.adobe.com

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) divulgou nesta segunda, 04, os resultados da instituição em 2023. O setor da agropecuária teve um crescimento de 53% na liberação de crédito. Somente via Plano Safra, o banco teve R$ 30,4 bilhões em aprovações de crédito rural. 

O total de recursos liberados para o setor agropecuário foi de R$ 41,5 bilhões, segundo o banco. Além do Plano Safra, a instituição também conta com a linha BNDES Crédito Rural, que pode ser acionada o ano todo e é composta por recursos vindos do próprio banco com condições semelhantes às do Plano Safra. Em 2023, foram liberados R$ 9 bilhões, quase o dobro de 2022 (R$ 5 bilhões).

Além disso, as cooperativas também tiveram mais recursos, R$ 23,8 bilhões em 2023 (alta de 63%). O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, falou sobre o papel das cooperativas na ampliação de atendimento a mais pessoas. 

“As cooperativas são um relevante canal para a diversificação do perfil dos clientes apoiados e para a redução da concentração do mercado de crédito no Brasil”, disse em nota.

O crédito para exportações também teve bastante procura. Em 2022, a instituição financeira aprovou R$ 4,9 bilhões em carteiras. No ano passado, foram R$ 13,5 bilhões, cerca de 175% a mais.

Dentro das grandes áreas de investimento, o setor agropecuário só ficou atrás do setor de infraestrutura, que somou R$ 78,5 bilhões em recursos aprovados. A alta foi de 23%.

Os demais setores também tiveram aumento em aprovações de crédito. A indústria saltou de R$ 22,5 bilhões para R$ 31,7 bilhões (alta de 41%). O segmento de comércio e serviços saltou de R$ 18,3 bilhões para R$ 22,8 bilhões (crescimento de 25%).

No somatório total do banco, R$ 218,5 bilhões foram aprovados em crédito em 2023, o que significa 44% a mais do que no ano anterior. 

Quanto ao lucro líquido recorrente, ou seja, o que sobra depois de impostos e do pagamento das despesas, houve queda de 5%. O lucro em 2023 foi de R$ 11,5 bilhões. Para saber mais sobre os resultados financeiros do BNDES, acesse a reportagem do E-investidor.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Economia

1

Atemoia: fruta exótica e doce conquistou o mercado internacional

Atemoia: fruta exótica e doce conquistou o mercado internacional
2

O Brasil já é autossuficiente na produção de cacau ou precisamos importar? 

O Brasil já é autossuficiente na produção de cacau ou precisamos importar? 
3

Desafios no cacau: produtores cobram políticas de apoio e incentivo 

Desafios no cacau: produtores cobram políticas de apoio e incentivo 
4

Tabaco: alta rentabilidade mantém agricultores familiares na cultura

Tabaco: alta rentabilidade mantém agricultores familiares na cultura
5

Município de Mato Grosso trava luta judicial para não perder 80% do território

Município de Mato Grosso trava luta judicial para não perder 80% do território
6

Leite: como setor e governos tentam barrar a concorrência externa e incentivar a produção nacional

Leite: como setor e governos tentam barrar a concorrência externa e incentivar a produção nacional

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas