AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Sustentabilidade

Ibama cancela usos de agrotóxicos com Tiametoxam 

Segundo o Ibama, o produto tem efeitos prejudiciais sobre abelhas e outros polinizadores; Aprosoja rebate instituição

2 minutos de leitura

23/02/2024 | 18:33

Por: Daumildo Júnior | daumildo.junior@estadao.com

abelhas reunidas em favo
Foto: Adobe Stock

A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) reagiu à proibição do uso de agrotóxicos que contenham o Tiametoxam em algumas culturas e formas de aplicação. Em nota, disse que “não existe um substituto à altura” no mercado, e que a suspensão pode trazer “enormes prejuízos à produção agrícola”.

A decisão do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quinta, 22. A medida suspende, em qualquer cultura, as aplicações em áreas totais, ou seja, pulverização terrestre não dirigida ao solo ou às plantas, bem como a pulverização aérea. 

Além disso, o comunicado especifica quais cultivos não poderão mais utilizar os produtos em outras modalidades de aplicação.

  • Batata (aplicação em solo e por pulverização)
  • Berinjela (aplicação em solo e por pulverização)
  • Café (aplicação em solo)
  • Cana-de-açúcar (em tratamentos industriais)
  • Cebola (pulverização)
  • Citros (aplicação no solo e em troncos)
  • Eucalipto (em soluções de imersão de mudas e por pulverização)
  • Feijão-vagem (aplicação em solo)
  • Milho (aplicação em solo)
  • Palma forrageira (pulverização)
  • Pastagens (em tratamentos de sementes e por pulverização)
  • Tomate (aplicação em solo, exceto em bandejas de mudas)
  • Uva (aplicação em solo)

O Ibama justifica que não há “informações técnico-científicas suficientes para eliminar a hipótese de risco ambiental”. A instituição aponta, ainda, que o Tiametoxam é prejudicial às abelhas e outros polinizadores. 

A decisão obriga os fabricantes a informarem no rótulo e na bula se o defensivo contém o ingrediente. As adequações devem ser feitas pelas empresas em até seis meses. Os produtores que compraram os produtos até o dia 22 de fevereiro de 2024, ainda poderão utilizá-los. 

Confira as culturas que podem usar Tiametoxam

O documento também traz os tipos e culturas que estão autorizados a usar agrotóxicos com Tiametoxam. A utilização está liberada no tratamento de sementes de: 

  • Algodão
  • Arroz
  • Amendoim
  • Café
  • Cevada
  • Feijão
  • Girassol
  • Melão
  • Melancia
  • Milho
  • Pepino
  • Soja
  • Sorgo
  • Trigo

Também estão autorizadas aplicação em solo em abobrinha e cana-de-açúcar (no momento de plantio nos sulcos). No caso do tomate, a aplicação deve ser na bandeja de mudas.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Sustentabilidade

1

Queimadas no Pantanal: prejuízos no agro superam R$ 17 milhões

Queimadas no Pantanal: prejuízos no agro superam R$ 17 milhões
2

Boi orgânico: tudo o que você precisa saber

Boi orgânico: tudo o que você precisa saber
3

Agricultor diversifica produção com criação de abelhas, mas deriva de defensivos ameaça

Agricultor diversifica produção com criação de abelhas, mas deriva de defensivos ameaça
4

Bioinsumos: veja produtos à base de bactérias que prometem ajudar na produtividade da soja e do milho

Bioinsumos: veja produtos à base de bactérias que prometem ajudar na produtividade da soja e do milho
5

Brasil será sede de Conferência Mundial de Agronegócio e Alimentos em 2025

Brasil será sede de Conferência Mundial de Agronegócio e Alimentos em 2025
6

Soja pode ocupar mais 36,6 milhões de hectares de pastagens no Brasil

Soja pode ocupar mais 36,6 milhões de hectares de pastagens no Brasil

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas