AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Cotações

Proteína Animal/USDA: Exportações de carne suína dos EUA devem ultrapassar as de frango em 2028

Os embarques anuais de carne suína podem superar as exportações de frangos de corte em 2028, o que não acontece desde 1976, disse a agência em nota.

2 minutos de leitura

19/02/2024 | 13:03

Por: Broadcast Agro

Containers em pátio de porto

São Paulo, 19/02/2024 – As exportações dos principais tipos de carne dos Estados Unidos devem crescer até 2033, projetou o Departamento de Agricultura do país (USDA) a longo prazo. Os embarques anuais de carne suína podem superar as exportações de frangos de corte em 2028, o que não acontece desde 1976, disse a agência em nota. O Departamento destacou que o avanço dos embarques de carne vermelha e produtos avícolas deve ocorrer em virtude do aumento da renda em outros países e do dólar ligeiramente em baixa em relação às moedas dos principais parceiros comerciais agrícolas.

Em relatório, o USDA estimou que as exportações de carne suína dos EUA devem crescer de 6,95 bilhões de libras (3,152 milhões de t) em 2024 para 9,34 bilhões de libras (4,24 milhões de t) até 2033, avanço de mais de 34%. Até 2026, espera-se que os embarques ultrapassem o recorde de 7,28 bilhões de libras (3,3 milhões de t) estabelecido em 2020. A agência destacou que as exportações suínas do país ultrapassaram os embarques bovinos em 2004, e devem superar os embarques de frango em 2028. O USDA ressaltou também que as exportações do produto devem cair na União Europeia, o que pode levar os EUA a superarem a UE como o maior exportador mundial de carne suína em 2025.

Em relação à carne de frango, o crescimento da renda global, o aumento da população e as tendências de urbanização em mercados emergentes são fatores que podem elevar as exportações dos EUA, disse o USDA. Com a produção aumentando, espera-se um crescimento constante nos embarques, projetados para atingir 8,07 bilhões de libras (3,66 milhões de t) em 2033. As exportações de frango devem subir de um recorde de 7,38 bilhões de libras (3,35 milhões de t) em 2024 para 7,45 bilhões de libras (3,38 milhões de t) no ano seguinte, e “continuar a alcançar recordes a cada ano do período de projeção, encerrando 8% mais altas em 2033”, segundo o Departamento.

Quanto às exportações de carne bovina, o USDA disse que, em 2024, elas devem atingir o nível mais baixo em oito anos, considerando que o ciclo da produção comercial dura em média 10 anos. Além disso, a projeção indicou que os embarques devem cair ainda mais em 2025, para 2,71 bilhões de libras (1,23 milhão de t), antes de iniciarem trajetória de alta até 2031. Contudo, as exportações dos EUA devem cair nos últimos dois anos da projeção.

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Cotações

1

Marcos Fava Neves alerta quais os 5 pontos para ficar de olho no mercado agrícola em junho

Marcos Fava Neves alerta quais os 5 pontos para ficar de olho no mercado agrícola em junho
2

Balança tem superávit comercial de US$ 1,738 bilhão na 2ª semana de maio

Balança tem superávit comercial de US$ 1,738 bilhão na 2ª semana de maio
3

Soja e milho: preços voltam a subir no Brasil 

Soja e milho: preços voltam a subir no Brasil 
4

Importação chinesa de milho sobe 17,6% em abril e a de trigo avança 15,7%

Importação chinesa de milho sobe 17,6% em abril e a de trigo avança 15,7%
5

Centro-Sul processa 34,575 milhões de t de cana na 2ª quinzena do mês, diz Unica

Centro-Sul processa 34,575 milhões de t de cana na 2ª quinzena do mês, diz Unica
6

Preço da batata cai no atacado pelo segundo mês seguido em abril, mostra Conab

Preço da batata cai no atacado pelo segundo mês seguido em abril, mostra Conab

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas