AJUDA AO RS

Entidades do agronegócio fazem campanhas para ajudar o povo gaúcho. Saiba como participar!

Gente

Setor sucroenergético lamenta morte de Antonio de Padua Rodrigues

Ministro da Agricultura destaca importância de Padua para a atual transição energética no país

2 minutos de leitura

10/02/2024 | 22:02

Por: Fernanda Farias | fernanda.farias@estadao.com

Antonio de Padua Rodrigues, ex-diretor da UNICA
Foto: UNICA

Antonio de Padua Rodrigues fazia tratamento contra um câncer e morreu aos 71 anos, neste sábado (10). Chamado de “Pádua” por amigos e colegas, ele foi diretor da União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia (UNICA) de 2003 a 2022.  

Para o Agro Estadão, o ministro da Agricultura Carlos Fávaro disse que recebeu com muita tristeza a notícia. “Um grande brasileiro da nossa agropecuária e precursor desse momento importante que o Brasil vive da transição energética. Certamente o seu olhar de futuro, vislumbrando essa matriz energética é muito relevante neste momento. Com muito pesar, desejo conforto a toda a família”, afirmou Fávaro. 

O atual presidente da UNICA também e manifestou pesar pelo falecimento. “O setor sucroenergético tem hoje uma das suas maiores perdas. Padua foi uma pessoa que devotou a sua vida, pessoal e profissional, ao setor para construir muitas das coisas que hoje nós temos como um grande patrimônio do Brasil. Nós da UNICA reconhecemos todo o legado que ele trouxe e o quanto ele pôde contribuir para que esse setor, que hoje é um orgulho nacional, pudesse chegar a onde está”, disse Evandro Gussi, presidente da organização, ao Agro Estadão.

Nas redes sociais, entidades e nomes ligados ao agronegócio lamentaram a perda. A UNICA publicou um comunicado destacando a importância de Padua para o desenvolvimento do setor sucroenergético no país, como a implementação da mistura de 22% de etanol à gasolina, no início da década de 1990.

“Como uma das lideranças mais relevantes, Antonio de Padua Rodrigues ficará marcado na história como um dos responsáveis pelo desenvolvimento do setor sucroenergético brasileiro”, destacou o comunicado.  Padua também foi um dos idealizadores do Consecana, um sistema inédito de pagamento aos produtores de cana, criado em 1999.  

O secretário de comércio e relações internacionais do Ministério da Agricultura e Pecuária, Roberto Pedrosa, publicou uma foto e um texto de homenagem. “Pádua era um verdadeiro defensor incansável do setor sucroenergético. Além de um amigo querido, ele também foi um mentor inspirador para mim”, escreveu Pedrosa. 

O corpo de Antonio de Padua Rodrigues será velado neste domingo (11) no Memorial Metropolitano de Piracicaba/SP, das 9h às 13h. 

Bom Dia Agro
X
Carregando...

Agora complete as informações para personalizar sua newsletter e recebê-la também em seu Whatsapp

Sua função
Tipo de cultura

Tudo certo. Estamos preparados para oferecer uma experiência ainda mais personalizada e relevante para você.

Fique atento ao seu e-mail e Whatsapp para atualizações. Estamos ansiosos para ser parte do seu dia a dia no campo!

Enviamos um e-mail de boas-vindas para você! Se não o encontrar na sua caixa de entrada, por favor, verifique a pasta de Spam (lixo eletrônico) e marque a mensagem como ‘Não é spam” para garantir que você receberá os próximos e-mails corretamente.

Mais lidas de Gente

1

Histórias no campo: trocou o escritório na cidade pelo sítio e descobriu um negócio de sucesso

Histórias no campo: trocou o escritório na cidade pelo sítio e descobriu um negócio de sucesso
2

Com leite de búfala, empresa mineira triplica tamanho e mira no exterior

Com leite de búfala, empresa mineira triplica tamanho e mira no exterior

Mapeamento completo das condições do clima para a sua região

Notícias relacionadas